O Sapo e a Rosa

Anderson Carrijo | 11:51 | 2 comentários

Recebi está mensagem por e-mail e resolvi postar para que as pessoas reflitam sobre suas ações no seu dia - a - dia.



Era uma vez uma rosa muito bonita,

Que se sentia envaidecida ao saber

Que era a mais linda do jardim.



Mas começou a perceber que as pessoas

Somente a observavam de longe.

Acabou se dando conta de que, ao seu lado,

Sempre havia um sapo grande,

E esta era a razão pela qual ninguém

Aproximava-se dela.



Indignada diante da descoberta,

Ordenou ao sapo que se

Afastasse dela imediatamente.



O sapo, muito humildemente, disse:



- Está bem, se é assim que você quer...

Algum tempo depois o sapo passou por onde estava a rosa,

E se surpreendeu ao vê-la murcha,

Sem folhas nem pétalas.

Penalizado, disse a ela:

- Que coisa horrível, o.

Que aconteceu com você?

A rosa respondeu:

- É que, desde que você foi embora,

As formigas me comeram dia a dia,

E agora nunca voltarei a ser o que era.

O sapo respondeu:

- Quando eu estava por aqui,

Comia todas as formigas que se aproximavam de ti.

Por isso é que era a mais bonita do jardim...



Muitas vezes desvalorizamos os outros

Por crermos que somos superiores

A eles, mais "bonitos", de mais valor,

Ou que eles não nos servem para nada.

Deus não fez ninguém para "sobrar"

Neste mundo. Todos tem algo

A aprender com outros ou a ensinar a eles,

E ninguém deve desvalorizar a ninguém.

Pode ser que uma destas pessoas,

A quem não dá valor,

Faça-nos um bem que nem mesmo nós percebemos.



Que Deus nos abençoe e nos ajude

A enxergar a "beleza" dos outros.

Category:

2 comentários:

  1. Anderson,que texto lindo!Nunca!Em hipótese alguma devemos menosprezar as pessoas;por mais estranhas ou diferentes que possam aparecer.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Que seja assim mesmo, amigo.
    Deus nos fazendo olhar o outro de maneira respeitosa e humilde.
    Gostei demais.

    Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir

Veja também: